Fui

No meio desta confusão eu parti sem me despedir; foi chato. Se tivesse havido uma despedida talvez fosse ainda mais chato, mas foi melhor assim!

Bem sei que quando nasci odiaram-me logo. Mas é melhor pensar que apesar de tudo vão ter saudades minhas, depois apenas vai acontecer que não me vão ver mais, mas não se sintam proibidos de confessar que vão ter saudades minhas, nem tão pouco neguem que esta minha partida vos traz um sentimento de alivio, até um pouco de remorso, mas sobretudo despeito. FUI! CANSEI!

ADEUS ATÉ AO MEU REGRESSO!

Fiquem com “O suicídio” de Antoine Wiertz (1806-1865), porque a arte nunca morre!

3 Respostas to “Fui”

  1. feli Says:

    e agora ? eu que utilizava alguns conteudos o seu blog para dar porrada em alguns amigos “profs”….hehehehe, os supra sumo sapiencia….
    terei que encontrar outra fonte!!!
    Gostei muito!!!BOm regresso

  2. Trabalhador da Silva Says:

    Se se justificar, volte!

  3. Fernando Martins Says:

    Onde estão os posts antigos…?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: