PCP propõe plano de emergência para «combater a crise»

Continuamos a ouvir disparates pela boca de Bernardino Soares, como se o remédio para a dita “crise” estivesse nas propostas do PCP!
É preciso não se acreditar mesmo nada na inteligência do “Zé“ para se vir com propostas destas!
Provavelmente seria o PCP e Bernardino Soares que iriam suportar o custo deste plano para a economia nacional.
Sempre que o PCP abre a boca, só revela que pretende destruir o esforço que já foi feito para estabilizar a economia, pois as suas propostas só iriam acarretar mais problemas para o “Zé”
Mas como o “Zé” já conhece as bocas do PCP, já nem liga!

7 Respostas to “PCP propõe plano de emergência para «combater a crise»”

  1. JP Says:

    Esta gente como nunca há-de ser Governo, joga com a ignorância de alguns.
    Como se aquele plano fosse economicamente exequível sem afectar a economia!
    Naturalmente o Traste deve aplaudir

  2. Anti-traste Says:

    Na ignorância do Zé tem apostado este Governo. Mentiu-lhe para chegar ao poder. Mente-lhe para se manter lá. E a ver se ele não se apercebe de tantas mentiras, distribui computadores e diplomas tentando manipulá-lo. Até paga a “resmas” de acessores contratados para criarem as notícias e fazerem imagem. Já repararam como o Primeiro, geralmente arrogante, de vez em quando, parece um cordeirinho a falar?
    Mas o Zé há-de saber fazer-lhe um manguito do tamanho do país.

  3. Anti-traste Says:

    Para os PÈESSES modernaços não faz falta qualquer plano porque, por enquanto a crise ainda não chegou até eles. Estão bem protegidos. O país deles é outro.

  4. JP Says:

    Como mexeram no bolso do Traste que ganha 3 ou 4 vezes mais que a maioria dos “ZÉS” o Traste anda muito preocupado como o “ZÉ” na esperança que nas próximas eleições o “ZÉ” vá atrás da conversa do Traste pela perca das suas mordomias sem esforço, na linha dos subsídios para os camioneiros do PSD e tractoristas do PCP.
    Mas Traste note bem os verdadeiros camionistas e os agricultores nunca tiveram mordomias e tem vivido do seu trabalho com esforço, o que não deve ter acontecido consigo.
    O estranho é o Anti-Tretas publicar tanto comentário idiota do Traste…

  5. Anti-traste Says:

    O JP está a pedir ao Anti-tretas que aplique o lápis azul…
    E esta, hein!?
    G’anda democrata… de treta! Outro salazarento…
    O teu bolso é que ainda não sentiu os efeitos da crise…
    Para tua informação, aqui vai uma transcrição de uma notícia (de Espanha, que aqui, em Portugal, não tem passado):
    “En los últimos 18 años, Portugal fue el país que recibió más beneficios por habitante en asistencia comunitaria. Sin embargo, tras nueve años de acercarse a los niveles de la UE, en 1995 comenzó a caer y las perspectivas hoy indican mayor distancia.”
    Sabes qual o partido que passou a governar em 1995?
    PÊESSE.
    Incomodam-te estas notícias?
    Outra:
    “Los números indican que Portugal es el país de la UE con mayor desigualdad social y con los salarios mínimos y medios más bajos del bloque, al menos hasta el 1 de mayo, cuando éste se amplió de 15 a 25 naciones.
    También es el país del bloque en el que los administradores de empresas públicas tienen los sueldos más altos.
    El argumento más frecuente de los ejecutivos indica que ‘el mercado decide los salarios’. Consultado por IPS, el ex ministro de Obras Públicas (1995-2002) y actual diputado socialista João Cravinho desmintió esta teoría. ‘Son los propios administradores quienes fijan sus salarios, cargando las culpas al mercado’, dijo.”
    Convencido? Já sei que não!…
    E o Cravinho? Incomodava… longe com ele… com uma boa mesada, claro! Também… socialista!…
    Que havemos de fazer?
    Manguito e… arre!…

  6. JP Says:

    Traste, essa opinião desse espanhol, não teve eco por cá , como não teve qualquer outra opinião de algum americano, russo, chinês, alemão, argelino iraquiano, etc, sobre Portugal.
    Já estamos habituados nos teus comentários que qualquer trampa desde que seja para desancar no governo ou no PS, é muito importante.
    Mas como por cá são poucos a fazê-lo, tens que ir a Espanha buscar a opinião de algum asno de Aznar

  7. Anti-traste Says:

    Asnos encontram-se muitos por aqui, como o demonstras. Arre!…
    A Espanha vou buscar combustível e mais umas coisitas que deste lado são mais caras. E tenho, sempre, de esperar em fila de carros portugueses. Para trabalhar, preciso de quase três depósitos de combustível por mês, a cerca de 60,00€ cada, dá para poupar pelo menos 350,00€/ano.
    Por falar em Aznar: quando, por cá, Guterres e Sócrates desperdiçavam as oportunidades, ele consolidou a economia espanhola o que lhes tem permitido aguentar o impacto da crise. Desde que Zapatero, também chegado ao poder com mentiras (será vício dos socialistas), iniciou o governo de algum desperdício (seguindo exemplos…), os espanhois começaram a ver o resultado das modernices.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: