“Medina Carreira”

Medina Carreira parece estar na moda. As pessoas têm memória curta: foi Medina Carreira, como ministro das finanças de um governo de Mário Soares em finais dos anos 70, e perante o aumento brutal dos combustíveis, que disse em directo no telejornal que “os portugueses deveriam voltar a andar de burro”.

É este Medina Carreira — para pior, porque a idade agrava as sociopatias — que está na moda.

Publicado por O.Braga no Blog “Prespectivas”

5 Respostas to ““Medina Carreira””

  1. Fábio Domingues Says:

    Os actuais apoiantes de Merdina Carreira ou são uns profs na casa dos 30 e não se lembram dele como Ministro de Soares ou são aqueles que tudo serve desde que seja para dizer mal, mas esquecem-se que este Senhor publicou um artigo no semanário fascista “Diabo”, que os comunistas na altura não acharam graça nenhuma, hoje até são capazes de dizer muito bem de Merdina Carreira
    «Os portugueses têm que optar – ou querem ser pobrezinhos ou têm que trabalhar mais e melhor, porque, se quiserem ter dezenas de feriados e de pontes, não se podem queixar que são pobres. (…)É legítimo que uma sociedade diga: quero ser pobre, não estou para me chatear, gosto de pontes, de praia, de sol e de sardinha assada. O que não é inteligente é dizer que depois disto queremos viver como os suecos ou como os alemães»

  2. Anti-traste Says:

    Interessante esta recolha histórica.
    Como até agora ninguém ligou ao MC, Sócrates encarrega-se de nos pôr a todos a andar de burro.
    A todos não. “Eles” continuam a poder andar de carro, avião e iate.
    Repare-se nos impostos sobre os combustíveis: quase dois terços do que pagamos são impostos.
    Será caso para dizer:
    “É proibido roubar.
    O Governo não admite concorrência!”
    Saudações!

  3. contestatario Says:

    E não é verdade? Não devia o povo voltar a andar de burro?
    Sempre seria muito melhor do que actualmente, ser o povo o burro que carrega os interesseiros a um poder promíscuo.

  4. josecarvalho Says:

    Medina Carreira não está na moda.O que está na moda é dizer mal de tudo.
    O Medina Carreira em conjunto com Campos Cunha ” dois ex-ministros da economia fracassados” juntaram-se os dois à esquina e resolveram criar uma cópia rasca dos velhos dos marretas, e como bons velhos do Restelo, resolveram começar a criticar coisas que eles próprios apoiaram anteriormente.
    Seria talvez util a estes senhores, acreditarem no que dizem as conclusões do grupo “Compromisso Portugal, mas não;
    Eles falam, botam faladura a torto e a direito e depois como é para criticar, os orgãos de comunicação fazem o favor à oposição

  5. Anti-traste Says:

    É tudo uma questão de moda, claro!
    O Medina já está forma de moda!…
    Claro!
    Se fosse conivente com a governação de treta do menino d’oiro, era uma autoridade técnica e reserva moral…
    O que está na moda é favorecer os grandes grupos económicos onde, depois, os senhores ex-ministros vão lamber os tachos.
    E é o que se vê: os ricos cada vez mais ricos.
    A classe média vai-se afundando pagando a crise e alimentando as esmolas do estado aos pobres (a ver se os mantém humildemente caladinhos e agradecidos). Vergonha!
    E o Zé?
    O Zé que aguente!…
    Mas o Zé tem que atirar com a carga.
    A bem ou a mal.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: