Cassete do PCP! “Evolução” na continuidade…

Vejam as diferenças entre o discurso de  Álvaro Cunhal no XV Congresso do Partido Comunista Português 1996 e o actual discurso Jerónimo de Sousa.

Será que  Álvaro Cunhal naquela altura já se estaria a referir ao futuro Governo de Sócrates?

«Em Portugal não só se atravessa uma situação particularmente grave como poderá ter desenvolvimentos ainda mais agravantes, se o povo português não puser fim à política da direita desenvolvida pelo governo do PS e PSD em conjunto preparam contra o povo, contra o país, contra a democracia, contra os interesses nacionais.

Já ninguém contesta que o voto no PS traduziu a esperança numa mudança. O PS enganou o eleitorado, e o eleitorado que tinha tal esperança enganou-se de votar no PS.

Têm razão aqueles que dizem que a política de direita com o Governo PS é ainda mais perigosa do que a do Governo PSD com Cavaco. Primeiro pelo fato do PS se afirmar um partido de esquerda. Depois pelo “novo estilo”do Primeiro Ministro que sorridente e mediático convida ao diálogo. . . Embora tapando previamente os ouvidos.

PS e PSD oferecem o carnavalesco espectáculo de exaltadas batalhas verbais, de desacordos, de ultimatos de fim de semana como o dedo no gatilho de pistolas de alarme. Com o estrondo imediático da farsa, procuram esconder a real identidade das suas políticas e os entendimentos já estabelecidos ou em vias de se estabelecerem.

Um e outro estão a serviço dos grandes grupos económicos. Um e outro defendem a liquidação de direitos vitais dos trabalhadores. Um e ouro fomentam a acumulação de riqueza para uns e o alastramento de desemprego e da miséria….»

2 Respostas to “Cassete do PCP! “Evolução” na continuidade…”

  1. anti-comunas Says:

    Cunhal aqui pôs o dedo na ferida…
    Para PCP é melhor estar no Governo o PSD do que o PS, ou seja, eles sabem que o PSD tem medo do PCP, mas o PS não!

  2. Anti-traste Says:

    Arre!
    Nem todos os coices dos jumentos qe por aí andam conseguiam zurrar de forma mais anedótica!…
    Se o PS não “tem medo” do PCP, porque é que alguns dos mais influentes fugiram de lá?
    Perguntem ao Lino do deserto da margem sul!…
    Perguntem ao Pina que se virou para os capitalistas espanhóis!
    Na transcrição pode ler-se: “O PS enganou o eleitorado”…
    É uma verdade incómoda.
    Por isso tanto disfarce, tanta dissimulação…
    E o governo cá vai socratenado, usando os dinheiro do Estado (dos nossos impostos…) já em plena campanho eleitoral.
    Já repararam na expressão angelical do Primeiro, em contraponto com o ar zangado e agressivo que marcou, até há bem pouco tempo, o seu estilo de governo?
    Querem mais um exemplo das mentiras, que continuam?
    Aqui vai uma:
    Bandeira do movo código do trabalho: combater a precariedade.
    Dados recentes:
    Este ano de 2008, os encargos com as remunerações dos trabalhadores permanentes ao serviço do estado reduziu-se em 18 milhões de euros (não estão contabilizados os milhões a mais com as pensões dos que, fartos de aturar tantos insultos diários se reformaram), enquanto os pagamentos a trabalhadores eventuais aumentou 50 milhões.
    A aposta desta gente conta com o Zé distraído.
    Mas havemos de ir alertando…
    É um dever de cidadania.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: