Quem não deve estar contente com este Decreto-Lei, para alem do PCP, são aqueles que se candidatavam e usufruíam da acção social escolar sem terem necessidades financeiras.

“O Conselho de Ministros de 4 de Setembro aprovou um Decreto-Lei que estabelece um novo enquadramento para a acção social escolar promovendo, assim, a uniformização dos apoios às crianças que frequentam a educação pré-escolar e os alunos do ensino básico e, ao mesmo tempo, adopta critérios que além de criarem mais unidade e transparência na concessão dos apoios da acção social escolar, propiciam um alargamento sem precedentes do universo dos seus beneficiários.”

2 Respostas to “Quem não deve estar contente com este Decreto-Lei, para alem do PCP, são aqueles que se candidatavam e usufruíam da acção social escolar sem terem necessidades financeiras.”

  1. Joana Guedes Says:

    Acho muito bem!
    Está na hora do Governo retribuir, o esforço que os Portugueses têm feito, em especial as classes desprotegidas, (não é o caso dos Professores, Médicos e Juizes) com medidas para minimizar algumas dificuldades me prol da educação das gerações futuras!

  2. JP Says:

    Boa tarde!
    Eu diria mais, depois das reformas necessárias, também está na hora de semear para colher!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: