Deixá-los fazer greve! O estado não pode é ficar refém de um grupo sócio-profissional manipulado pelo partido comunista!

Assim como assim, no tempo que eles faltavam quando lhes apetecia, os alunos também eram prejudicados, com esta greve quem ganha são os cofres do Estado e consequentemente os contribuintes.
Tenho a certeza que os Professores responsáveis não vão fazer greve e com esses os alunos podem contar todo o ano! Com os outros, os que têm medo de serem avaliados, é só quando eles estão para aí virados…
Senhora Ministra não se esqueça que há muito Professor desempregado que pretende trabalhar e não tem medo de ser avaliado!

12 Respostas to “Deixá-los fazer greve! O estado não pode é ficar refém de um grupo sócio-profissional manipulado pelo partido comunista!”

  1. José Silva Says:

    Os meus aplausos para o post. Como encarregado de educação apoio a necessidade de avaliar os professores! Há que premiar os melhores!

  2. João Duarte Says:

    Se os que não fizerem greve forem poucos , não se esqueça de escrever que a grande maioria dos professores são irresponsáveis. Assim é que é…
    Porque até agora eram os Sindicatos que eram irresponsáveis, agora já são os professores. Daqui a pouco é tudo, menos o Governo.

  3. MFerrer Says:

    João Duarte,
    Tem toda a razão. Os professores embora não pareçam, não são inimputáveis!
    E devem ser responsabilizados pelo Governo, pelos pais e encarregados de educação não só pelas greves, mas especialmente, pelo fraquíssimo desempenho que a maioria deles tem nas Escolas Públicas!
    Tem o meu apoio nisso!
    São de facto responsáveis.
    Senhora Ministra, faça cumprir a Lei, e despeça os que não a cumpram!
    MFerrer

  4. fernando Says:

    nunca tão poucos se sentiram intimidados por tantos…

  5. fernando Says:

    como encarregado de educação também acho que se devem avaliar…os encarregados de educação e também os que aqui postam (eu incluído) e que todos se avaliem uns aos outros e se isso não for possível que o Estado nos avali(z)e que para isso parece que o dinheiro dos contribuintes nunca falta!

  6. C. Oliveira Says:

    Eu sou um irresponsável! NÃO levo a sério a verborreia fedorenta do anti-tretas!
    Estou de greve!

  7. Maria Helena Says:

    Porque será que os órgãos de comunicação social nunca publicaram os resultados das sondagens que encomendaram sobre o que pensa a opinião pública desta inqualificável posição dos professores não quererem ser avaliados?

  8. João Duarte Says:

    Caro MFerrer:
    Ao ver o seu perfil no Blogger e tendo lido como uma das suas preferências José Afonso, que foi professor, pergunto:
    Se José Afonso fosse vivo o que diria do Governo Sócrates?
    José Afonso, que em todos os livros que li dele ( e foram vários) afirma não ter sido um professor convencional ( que é o que este Ministério quer fazer de todos- professores obedientes), seria avaliado com que nota?
    Porque será que os que foram alunos do José Afonso dizem dele maravilhas , como professor, se ele não seguia nenhuma das orientações que eram impostas (na Ditadura, quanto mais agora em Democracia)?
    É ou não evidente que José Afonso seria despedido pelo Ministério, já que tenho a certeza que estaria na primeira linha dos protestos?
    Não acha que muitos dos professores seguem o que José Afonso cantou nas suas canções , ou seja resistir contra o que acham que está mal?

    Cumprimentos

    João Duarte

  9. MFerrer Says:

    João Duarte,
    A minha referência e admiraçãop pelo José Afonso não me cega em relação às suas várias facetas,enquanto pessoa.
    Sabe? Não há felizmente homens perfeitos e a ideia dos herois e dos mártires está um bocado antiquada…
    E se alguém pode ser considerado um bom professor, não será certamente o excelente cantor e compositor agora em causa.
    Que grande confusão que vai por aí.
    Lá porque o Zeca era um anti-fascista isso faz dele um bom professor?
    Nem a inversa é verdadeira. Tenha paciência. Eu conheci pessoalmente o Zeca e a família.
    Aliás o Zeca era em primeiro lugar um excêntrico, um artista, um quebra regras. Em relação a tudo quanto o rodeava o Zeca estava descentrado.
    Para dizer apenas isto.
    E lá porque o único “trabalho” que teve foi esse de ser professor eu se fosse a si não agitava muito essa bandeira…
    É que o Zeca cumpria sempre mal. estava sempre em desacordo, esquecia-se muito de tudo. Nunca seria um professor de excelência por muitas qualidades pessoais que tivesse. E tinha.
    Deixe lá os mortos que já não se podem defender e, se quer uma pista, também lha dou: Investigue a opinião do Zeca sobre o PCP que só depois de o enterrar é que resolveram fazer dele um heroi…, ou a razão da sua saída do PC…
    O Zeca seria, e foi despedido, por qq entidade patronal em qq tempo e lugar. Apenas porque não se adaptava a regras e a normas.
    Fico por aqui e veja lá se percebe que o que está mal é a Escola Pública que persegue estudantes e os expulsa do sistema à razão de mais de 50% em apenas 9 anos de escolaridade, recebendo todavia dos melhores salários de toda a função pública e trabalhando poucas horas por semana.
    MFerrer

  10. João Duarte Says:

    Do que eu li sobre o José Afonso, nunca descobri em lado nenhum que ele fosse militante do PCP.
    Em várias entrevistas, no livro “Livra-te do Medo”, etc. Em nenhum livro está isso escrito. Li várias críticas dele ao PCP, sim. E com razão. Mas, também sei que ele apelou sempre ao voto na CDU, nas eleições autárquicas. Principalmente para derrotar o PS ( ou não é verdade que o PS se aliou ao CDS e PSD para ganhar as Câmaras que eram da CDU, nos anos 80 e não ganhou nenhuma -Almada, Barreiro, Amadora, etc ?). Ou não se lembra já? E tocou na festa do Avante. Ou é mentira?
    E sei que o José Afonso esteve no aeroporto a protestar quando o Mário Soares foi deportado para S. Tomé e Mário Soares não gostou nada do José Afonso, por ele não gostar do PS. José Afonso era o maior crítico do PS nessa altura, imagino agora!! Ou já não se lembra?
    O que eu li , sim, por parte de alunos dele foi que era um excelente professor.
    Isso eu li.
    E li que ele próprio gostava muito de ser professor. Aliás, só deixou de ser porque o expulsaram do ensino. E não o expulsaram por ser um mau professor , mas por causa das suas actividades políticas.
    O José Afonso não foi despedido pelo Arnaldo Trindade que era a sua entidade patronal, na época em que gravava discos para a etiqueta Orfeu. É porque cumpria. Claro que era um artista, mas cumpria.

  11. João Duarte Says:

    “Entretanto, publicou o livro “Cantares de José Afonso” e recebeu o convite de adesão ao PCP. Apesar de ser um artista comprometido politicamente, recusou, invocando a sua condição de classe. Pelo Natal, lançou o álbum “Cantares do Andarilho”- Retirado do site da RTP sobre a vida de José Afonso. Apenas mais um contributo para que não continue a propalar a mentira que José Afonso saiu do PC. Se nunca lá entrou, como poderia sair?
    Admira-me que quem conheceu tão bem José Afonso ( e a família) afirme isso que escreveu. Eu nunca o conheci.

  12. João Duarte Says:

    Outra coisa que deve doer muito aos da esquerda “moderna” é haver tantas Escolas, neste país, com nomes da esquerda “sinistra”. Só alguns exemplos: Escola Secundária Dr. José Afonso (Loures), Escola Secundária José Saramago, Escola Secundária Michel Giacometti, Escola Secundária Fernando Lopes-Graça, Escola Profissional Bento de Jesus Caraça, Escola Básica EB 2/3 José Afonso (Alhos Vedros), Escola José Afonso (Seixal) etc.
    Mas como dizia o outro (de que, agora, ninguém quer ouvir falar; “É a vida!!!”)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: