Eles querem tanto sair dali, como eu quero ir para o desemprego…

«Ser professor sempre foi, para uma imensa maioria de licenciados nas mais variadas coisas, uma espécie de último recurso. Vai-se para a universidade, nem sempre para a área preferida, e depois, se não aparecer nada de melhor, há sempre uma escola que, com horários reduzidos, férias longas, ausências permitidas à fartazana, progressão na carreira garantida, está de portas abertas. Parece que há, agora, quem queira clarificar um pouco esta coisa… E, enquanto se armam em quase-missionários intocáveis, os ditos professores só pensam em sair dali. Com a autoridade de quem nunca esteve e sempre se sujeitou às regras do lado de cá, gostava de prevenir que isto, do lado de cá, não é pêra doce.»

Publicado por jmf no blog “french kissin

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: