Afinal que nome tem a besta?

Quando o Hamas em 2007 tomou o poder em Gaza, vejam neste vídeo, (chamo a atenção que este vídeo é extremamente violento) o que eles fizeram aos líderes da Fatah grupo fundador da Organização para a Libertação da Palestina (OLP)

6 Respostas to “Afinal que nome tem a besta?”

  1. Maria Helena Says:

    Será que o o bloquista Daniel Oliveira do “Arrastão” já viu este vídeo ou para ele isto é ficção dos Israelitas?
    http://arrastao.org/sem-categoria/vozes-corajosas/

  2. MFerrer Says:

    O terrível é que se comparem ao mesmo nível a execução de opositores, por mais abjecta que nos pareça, com o bombardeamento de populações civis martirizadas por embargos, ataques seleccionados, assassínios selectivos e outra enormidades e que, no final, se comparem estes factos como se se tratasse de algo comparável. São horrores mas são horrores numa escala incomparável.
    As acções racistas e de infiltração dos serviços secretos israelitas têm como consequência o despoletar de acções de igual ferocidade e de sinal contrário.
    Israel é o estado fora da lei e tem uma longa história de massacres de populações civis igualmente indesculpável mas muito mais grave: é um Estado e deve comportar-se como tal. E os fins não justificam todos os meios.
    Sabra e Shatila no Líbano, são crimes comparáveis ao Gueto de Varsóvia e às matanças de civis pelos nazis.
    MFerrer

  3. anti-tretas Says:

    MFerrer
    Admito que os meios utilizados são desproporcionados e quando assim é, há sempre efeitos colaterais, mas também admito que a violência gera violência.
    Não admito, é que palestinianos ou outro povo qualquer, tratem irmãos por divergências politicas da forma como este vídeo ilustra.
    Mas já agora comparativamente, não quero concluir com este seu comentário, que desculpabilizou Pinochet pelas mortes e desaparecimentos que infligiu aos seus opositores aquando o golpe de estado no Chile…
    Os horrores são sempre horrores em qualquer escala!

  4. MFerrer Says:

    O que eu espero é que que não se me dirija com insinuações sobre desculpabilizar regimes repugnantes como o de Pinochet.
    Que grande confusão que aí vai.
    1 – Se este vídeo é verdadeiro, porque razão é que sendo de há mais de seis meses é agora colocado na net? Ao serviço da quem?
    2 – Já deve ter ouvido falar em justiça revolucionária e em traidores à sua causa? Ao seu povo?
    A história da palestina e de israel é uma manta de retalhos de serviços secretos e de informações vendidas ao inimigo sionista para proceder a assassínios selectivos, ou em massa, como ainda hoje fez em Gaza bombardeando uma escola e matando 30 crianças ali refugiadas.
    3- Os crimes de Israel não podem ser justificados por outros crimes e muito lhe agradeço que me dispense das suas observações sobre o meu grau de repugnância por regimes torcionários.
    Tenho idade e experiência suficiente para ter entendido, há muito, quem é o inimigo !
    MFerrer

  5. João Duarte Says:

    O MFerrer tem razão. O facto de este vido ter apercido agora traz “água no bico”

  6. anti-tretas Says:

    João Duarte
    Este vídeo está publicado no YouTube desde 7 de Dezembro de 2007, não foi coisa encomendada pelos Israelitas nesta altura…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: