Confio em Sócrates para que em 2011 ajude este País a ultrapassar a crise, como já demonstrou que é capaz de fazer

Mais um ano acabou mais outro que começou!

Este fim de ano  só por falta de tempo é que não passei por aqui para postar aquela lenga lenga habitual dos votos de feliz natal e próspero ano novo.

Mas a todos aqueles que, mesmo sem eu postar nada, teimam em vir aqui, desejo que tenham a dobrar tudo que desejam para mim e prometo neste ano 2011 voltar mais assiduamente pelo menos até ás eleições presidenciais para ver se o  ano começa bem sem a eleição de Cavaco, bem sei que não vai ser fácil, porque os votos que Alegre teve nas últimas eleições foram votos hipócritas sem convicção  de muitos elementos das corporações que pensavam que com  Alegre eleito eles não perderiam as suas mordomias.

Alegre não é o meu candidato como nas últimas presidenciais não foi, só que desta vou votar nele porque não tenho alternativa e quero que Cavaco vá a uma segunda volta!!!!

 

2 Respostas to “Confio em Sócrates para que em 2011 ajude este País a ultrapassar a crise, como já demonstrou que é capaz de fazer”

  1. JVLV Says:

    Cavaco Silva, para muitos portugueses, se for reeleito, será certamente mais um factor de crise, instabilidade e inquietação. Para outros, nem tanto. Porém, vejamos. No periodo 2005/2011, Cavaco empossado em Março/2006, superintendeu quase toda a governação Sócrates. Que iniciativas tomou para alterar o rumo do país, sobretudo a partir das legislativas de 2009? Nada, apenas “boas intenções”, “piedosos propósitos” e “contemporizações”. Cavaco Silva mostrou, à saciedade, não ter perfil, competência e capacidade para lidar com situações de alta pressão politica e social, numa altura em que, estando o PS/Sócrates seriamente fragilizados mais se impunha uma intervenção soberana para não deixar “deslizar” o poder politico e a governação para a tomada de medidas drásticas e extremamente penalizadoras das empresas e cidadãos mais carenciados e desprotegidos.
    Sabemos agora que, pelo menos, por três razões adicionais Cavaco Silva não se assumiu :

    1ª) A inexistência de qualquer alternativa de governação válida.
    2ª) O medo da instabilidade social e politica qque iria provocar.
    3ª) O medo de colocar em risco a sua reeleição.

    Haja quem me convença do contrário.

  2. ALFREDO FERNANDES Says:

    PERGUNTE-SE AO VASCO PULIDO VALENTE, O QUE ACHA DA ATITUDE DO “CAVACO DA FONTE?! ENTÃO NÃO É POÇO? DE BOLIQUEIME? EU SEMPRE VI A TABULETA A DIZER POÇO. QUAL SERA A DIFERENÇA?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: